26 de Novembro de 2015

Quer ser um recrutador de talento? Ative sua sensibilidade e ouça com atenção.

O Brasil tem atualmente em atividade 16.541.465 empresas e 14.592.096 micro e pequenas empresas que desenvolvem seus negócios nos mais diversos ramos. São comércios, indústrias e prestadores de serviços que estruturalmente podem ser muito semelhantes, o que difere cada um desses negócios são as pessoas que trabalham neles.


Quando uma nova oportunidade surge dentro de uma empresa, seja para contratação ou promoção, o departamento de Recrutamento e Seleção, ou uma empresa terceirizada, tem o desafio de encontrar o melhor candidato para a vaga e quem desempenha o papel de avaliar e fazer o casamento ideal entre oferta e procura é o recrutador. Um recrutador de talento precisa mais do que conhecimentos técnicos, ele deve ouvir mais do que falar para capturar as sutilezas do candidato e isso exige sensibilidade.


Olhar analítico

A missão de identificar a melhor pessoa para a vaga certa é um trabalho que demanda atenção aos detalhes. Um recrutador de talento precisa conhecer a cultura e os valores da empresa para indicar um profissional que tenha o mesmo perfil, isso faz com que as chances desse candidato crescer dentro da empresa sejam maiores.


Um recrutador pode ser acionado para encontrar um novo funcionário para o atendimento e também um novo diretor, são extremos das atividades que devem ser tratados com a mesma atenção e dedicação, afinal, uma empresa bem sucedida tem pessoas com os mesmos objetivos trabalhando em prol do seu crescimento.


Casamento de valores

O primeiro desafio é identificar exatamente o que a vaga precisa, para depois iniciar o processo de captação desse talento. Um bom recrutador não deseja apenas preencher uma vaga, ele tem um papel social de adequar as pessoas no mercado de trabalho e orientar o profissional a fazer a melhor escolha para sua carreira.


Recrutar e selecionar candidatos é um casamento de valores entre o que a empresa precisa e quais são as habilidade do candidato. A missão de encontrar os melhores trabalhos para as pessoas certas é uma responsabilidade que o recrutador carrega consigo, indicar um candidato inadequado fará com que a vaga seja aberta novamente em pouco tempo e isso irá gerar custos e tempo que as empresas não desejam ter.


Respeito com o candidato é um diferencial

É comum entrevistar um grande número de candidatos até chegar ao profissional escolhido, um diferencial de um recrutador de talento é procurar os candidatos que não foram selecionados para oferecer um feedback sobre o processo. É uma oportunidade de salientar os pontos positivos daquele profissional e explicar o que fez com que ele não tenha sido escolhido. Quem está buscando uma recolocação no mercado de trabalho pode estar inseguro, e essa atitude tranquiliza o profissional ou indica o que ele precisa fazer para melhorar sua postura.


Mediador de interesses

Acima de tudo um recrutador de talentos é um solucionador de problemas. É ele quem conhece a empresa, sabe que tipo de perfil se enquadra nas necessidades e identifica o alinhamento de valores entre os dois lados interessados. É uma profissão que precisa de pessoas capacitadas, mas, acima de tudo, preparadas para saber perguntar e saber ouvir.


Você é um recrutador de talento? O que tem feito para aprimorar essas técnicas e melhorar cada dia mais suas habilidades? Deixe um comentário e conte para gente sobre a satisfação de fazer parte do sucesso da vida de tantas pessoas.

Escrito por Présumé