21 de Junho de 2014

4 tecnologias que mudaram a forma de se fazer entrevistas

As novas tecnologias vêm mudando a forma como as empresas realizam negócios em todo o mundo e, para os processos de recursos humanos, isso não poderia ser diferente. Ainda que as principais técnicas de recrutamento e seleção não tenham sido abandonadas pelas organizações, a tecnologia tem tornado esse processo muito mais dinâmico, completo, produtivo especialmente com a utilização da internet.

Em um cenário como esse, as empresas que recorrem somente às tradicionais entrevistas de emprego para selecionar seus candidatos correm o risco de parecerem ultrapassadas aos olhos das pessoas que têm interesse em fazer parte da equipe.

Conheça agora 4 tecnologias que mudaram a forma de se fazer entrevistas.

Videoconferência

Skype, Google Hangouts e outras ferramentas para a realização de videoconferências foram alguns dos principais responsáveis pelas mudanças nas entrevistas de emprego.

Há pouco tempo, as empresas precisavam gastar milhares de reais para trazer candidatos para participar de seus processos seletivos. Ou o que é pior: perdiam a chance de selecionar ótimos profissionais em potencial justamente por eles não poderem participar do encontro fora de sua cidade de origem.

Com o uso de videoconferências, as empresas podem fazer entrevistas com qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo, sem precisar gastar para isso. Além disso, a praticidade também é muito maior: em vez de precisarem se deslocar usando meios de transporte, as pessoas podem simplesmente fazer uma pequena pausa durante suas atividades para participarem de uma entrevista.

Entrevista gravada

Esse recurso permite que as empresas peçam que os entrevistados respondam a perguntas preparadas anteriormente em um vídeo e possam analisá-los posteriormente, quando e como quiserem.

As entrevistas gravadas tornam o processo mais prático para a empresa, pois ela não precisa apresentar o negócio e o cargo a cada encontro. Isto porque o candidato pode assistir previamente as gravações de suas respostas uma apresentação da empresa e da vaga. Mas, isto não é o mais importante. Através destas plataformas de gravação, o recrutador pode analisar as respostas de cada candidato em maior profundidade, voltando em pontos importantes como a reação a algumas perguntas e analisando a fluência no idioma estrangeiro, por exemplo. Desta forma, só são convidados para a fase de entrevistas presenciais somente candidatos com comprovada aderência ao perfil ideal procurado pela empresa.

Ainda que algumas empresas acreditem que essa tecnologia torna o processo impessoal, o interessante é que, com a economia de tempo, os recrutadores podem dar mais atenção aos candidatos adequados ao perfil da vaga nas entrevistas presenciais. As economias de tempo e recurso financeiro são expressivas.

Gamificação

Pedir que um candidato resolva um desafio ou participe de um jogo durante uma entrevista de emprego pode dizer muito sobre sua capacidade de aprendizado, sua forma de lidar com diferentes processos e a tolerância a riscos.

Sabemos que as empresas não contratarão pessoas somente porque elas ganharam um jogo, mas as tecnologias que oferecem desafios como esses oferecem boas oportunidades para compreender melhor o comportamento da pessoa e como ela poderá se manifestar no futuro.

Redes sociais

Não é preciso muito esforço para perceber que as pessoas têm passado grande parte do seu tempo na internet, em especial nas redes sociais. E é lá onde elas revelam para o mundo seus hábitos, preferências e relacionamentos.

Essas características também tiveram impacto sobre a forma como as entrevistas de emprego são realizadas: em vez de uma conversa que tinha como objetivo conhecer o candidato, muitas entrevistas já servem somente como confirmação do comportamento que a pessoa já demonstrou nas redes sociais ou em outras etapas do processo seletivo, como na gravação da “pré-entrevista” em vídeo e áudio.

O desafio de encontrar os melhores candidatos para trabalharem na sua empresa se torna mais fácil quando você combina as tecnologias recentes com as práticas mais tradicionais de entrevista. Acesse o site da Présumé e saiba como nossa solução pode ajudar a sua empresa a otimizar o processo de recrutamento e seleção. Deixe também o seu comentário!

Escrito por Renato Tavares