08 de Setembro de 2014

Linguagem corporal: saiba o que alguns movimentos do seu candidato podem significar



Recentemente um cliente nos posicionou ter reprovado um candidato ao observar na gravação da “pré-entrevista” em vídeo que ele se movimentava com muita frequência em sua cadeira gerando algum sentimento de instabilidade e desconfiança sobre o domínio dos assuntos explorados. Isto nos fez tomar a iniciativa de pesquisar um pouco sobre o assunto.

Além de mapear os conhecimentos técnicos e gerais dos candidatos, os recrutadores possuem outra missão importante na entrevista: identificar o significado de certos gestos e posturas que eles apresentam durante a entrevista. Existem informações valiosas transmitidas nesses movimentos que devem ser observadas, além da análise do currículo, dos diplomas ou certificados apresentados.

A postura e as expressões mostram muito sobre o perfil do candidato e saber ler esses sinais torna-se um fator decisivo na seleção do postulante ideal para o cargo em questão.

Quer saber quais são os movimentos que têm significados importantes na entrevista e descobrir como identificá-los? Então acompanhe-nos!

5 gestos e posturas positivas de um candidato

Aperto de mão na medida certa

O primeiro contato pessoal que o recrutador tem com o candidato é na entrevista presencial. Ao cumprimentá-lo com um aperto de mão, nota-se se ele está seguro ou não com a entrevista que se desenrolará.

Um aperto de mão firme, porém natural, mostra que o postulante à vaga está seguro e confortável.

Olhos nos olhos

O olhar é um contato muito importante na entrevista. Através dele o recrutador identifica o interesse do candidato, sua vontade de conquistar a vaga e seu conforto durante a entrevista.

Expressões faciais relacionadas ao olhar também são ferramentas importantes de análise. Ao conversar com o candidato, o recrutador deve observar como ele movimenta as sobrancelhas. Se elas estiverem arqueadas significa que ele está interessado no que está sendo dito e está concentrado na conversa.

Posição do corpo

Ao acomodar-se na cadeira o candidato demonstra muito sobre seu estado emocional. Manter uma postura ereta, porém confortável, mostra que ele está à vontade com o ambiente e a situação.

Acenar com a cabeça e inclinar o corpo ligeiramente para frente demonstram interesse e envolvimento.

Gestos com as mãos

Durante os momentos em que o candidato expõe suas vivências profissionais ou fala sobre características pessoais, a utilização de gestos – não muito exagerados – com as mãos e braços é muito positiva, pois demonstra que ele está seguro e convicto daquilo que está dizendo. Fazendo isso, ele passa naturalidade ao falar de algum assunto, o que não ocorre quando o postulante gesticula demais ou fica muito “duro”.

Sorriso

O sorriso traduz um estado emocional agradável. Mostra ao recrutador que o candidato está aberto para a entrevista, tem vontade de estar ali. Através do sorriso ele passa energia e calor humano.

Ao selecionar uma pessoa que sorri, o recrutador possui grandes chances de ter um profissional de mais fácil convivência e mais flexível do que aqueles candidatos muito sérios e fechados.

5 sinais corporais negativos de um candidato

Pernas e mãos agitadas

Mexer muito as pernas e as mãos significa que o candidato está impaciente. A impaciência faz com que ele não preste atenção ao que o recrutador está perguntando ou falando sobre a vaga.

Esses sinais também traduzem um desinteresse por parte do postulante em relação à entrevista em si, às características da vaga ou em relação à forma do recrutador conduzir a entrevista. Já quando o candidato esconde as mãos, entende-se que ele está inseguro.

Limpar a garganta

Esse gesto traduz um nervosismo ou ansiedade do candidato. Quando o recrutador faz uma pergunta da qual o postulante não se sente confortável de responder, essa reação do corpo pode ocorrer com certa frequência.

Braços cruzados

Os braços cruzados dão a ideia de que o candidato está na defensiva ou desconfortável com a situação. Demonstra que ele não está confiante naquele ambiente em que se está fazendo a entrevista.

Inquietação

A inquietação de um candidato é demonstrada quando ele toca muito no cabelo ou no rosto, ou mexe na cadeira como se estivesse sem posição. Esses sinais traduzem insegurança ou falta de poder durante a entrevista. Mostra que ele não está confortável naquele ambiente.

Mexer no cabelo, especificamente, pode significar que o candidato está nervoso. Este momento de stress desconcentra o recrutador e faz com que ele perca o foco da entrevista e se volte aos movimentos do postulante, o que torna a conversa improdutiva.

Tom de voz instável

O tom de voz do candidato pode dizer muito dos seus sentimentos e estado emocional durante a entrevista. Quando ele fala muito baixo, significa que está com vergonha ou não tem tanta certeza daquilo que está dizendo.

Já quando ele fala alto demais, pode demonstrar descontrole emocional ou euforia. Transmite também irritabilidade ou necessidade de autoafirmação.

Os pontos abordados são somente alguns exemplos mais corriqueiros de gestos e posturas de candidatos nas entrevistas, o que não exclui várias outras possibilidades de atitudes. O importante é o recrutador identificar esses sinais e utilizar o seu feeling para identificar potenciais candidatos e tornar seus processos seletivos mais eficientes e eficazes.

E para você, faltou algum gesto positivo ou negativo no texto? Qual ou quais deles você observa mais frequentemente nos candidatos? Participe da discussão por meio dos comentários!



Escrito por Renato Tavares