03 de Setembro de 2014

Oito técnicas para descobrir se o candidato é compatível com sua empresa

Foi-se o tempo em que o candidato mais qualificado era o mais apto a assumir o cargo. Agora, o que os gestores devem buscar é alguém com perfil comprometido e compatível com a cultura da empresa.

Confira aqui oito técnicas para descobrir se o próximo candidato a uma vaga na sua empresa possui essas qualidades.

Verifique se ele realmente se interessou pela empresa

Logo de início perguntas como “Você já conhecia nossa empresa?” vão mostrar a que veio o candidato. Alguns vão demonstrar que pesquisaram sobre a história da empresa, indicando maior interesse e perspicácia. Candidatos que demonstrarem, ou ao menos questionarem no momento da entrevista, conhecimento sobre o setor da economia, principais produtos e/ou serviços, últimos resultados financeiros, principais concorrentes, estrutura, localizações das “plantas” saem na frente no processo.

Pergunte o que ele não gostava no seu emprego anterior

Se o candidato partir para o ataque ao antigo empregador é hora de acender a luz amarela. Imagine que ele poderá depois vir a expor sua empresa para um concorrente. Fazer ao candidato algumas perguntas como “descreva o seu melhor e o seu pior chefe” e “se você voltasse para o seu emprego antigo, o que você mudaria?” podem ajudar nessa avaliação.

Saiba como ele lidava com divergências na equipe

A ideia é saber se ele tem senso de equipe e consegue trabalhar com outras pessoas. Desconfie do candidato que dê muitas soluções para o problema. Veja se isso não indica que ele vivia em constantes desavenças no antigo trabalho.

Pergunte quais são os seus pontos fracos

Os candidatos já estão treinados o suficiente para transformar uma característica positiva em uma fraqueza. Muitas vezes a resposta “sou perfeccionista” pode ser evasiva, por isso tente saber mais. Os mais sinceros podem revelar uma real deficiência e como fazem para superá-la. Por exemplo: compensam a dificuldade de organização fazendo uma planilha das tarefas.

Pergunte como ele gosta de trabalhar

Alguns trabalham melhor de forma independente, outros de forma colaborativa. Alguns gostam de pedir opiniões, outros tomam decisões sozinhos. Não existe um melhor do que outro, são apenas diferentes. Agora é a sua vez de analisar o que é compatível com a sua forma de trabalhar e com a cultura da empresa.

Analise o estilo pessoal

Saber se o estilo pessoal do candidato se encaixa na cultura organizacional é essencial. Se o ambiente é formal, será que ele vai se adaptar? Aqui cabe uma reflexão, quem sabe alguém competente, mas extrovertido e informal não daria mais dinamismo e diversificaria a equipe? Nem sempre a busca deve ser por alguém que seja uma cópia do resto da equipe.

Pesquise você também

Hoje em dia todo mundo está nas redes sociais e você pode aproveitar para analisar o perfil do candidato em sites como LinkedIn, Facebook e Twitter. Não é invasão de privacidade se o perfil é público, apenas curiosidade. Muita informação que está ali, apesar de não ser decisiva, pode ajudar a descobrir se haverá afinidades entre ele e outros membros da equipe ou com a própria empresa. Esta pesquisa pode ser saudável até mesmo para o próprio candidato que ao desconhecer o ambiente de seu futuro empregador pode acabar tomando uma decisão errada.

Faça uma autoavaliação

Por fim, para saber se o candidato é compatível com sua empresa, é preciso conhecer bem qual é o perfil dos empregados mais bem-sucedidos ali. Nem sempre a cultura da empresa está muito clara para o próprio empregador. Se for preciso contrate uma consultoria.

Com essas dicas, com certeza a tarefa de encontrar um candidato compatível com sua empresa vai se tornar mais fácil de ser completada. Você tem alguma estratégia diferente dessas para nos contar? Registre aqui seus comentários.

Escrito por Renato Tavares